Argus Contabilidade
As viaturas da Polícia Civil do Paraná podem parar de rodar a partir de amanhã terça-feira (13).
12-10-2020 16:26:17
Em razão disso, a Divisão de Infraestrutura da Polícia Civil disparou neste fim de semana comunicado a todos os delegados de polícia para que abasteçam as viaturas sob sua responsabilidade até às 22 horas de segunda-feira.



O risco de acontecer a paralização das viaturas existe caso o governo do estado não conclua nova licitação ou renovar o contrato com a Maxi Frota – empresa que, por R$ 103 milhões, está encarregada desde o ano passado de gerenciar o abastecimento de toda a frota estadual. O atual contrato emergencial vence hoje segunda-feira (12).

Em razão disso, a Divisão de Infraestrutura da Polícia Civil disparou neste fim de semana comunicado a todos os delegados de polícia para que abasteçam as viaturas sob sua responsabilidade até às 22 horas de segunda-feira, pois na terça (13) o fornecimento será paralisado.

Não há informações oficiais sobre se a paralisação afetará outros setores da administração estadual, especialmente nas áreas de saúde e segurança pública, que demandam intensa utilização das respectivas frotas – como, por exemplo, a Polícia Militar.

O presidente da Associação dos Delegados de Polícia do Paraná (Adepol), Daniel Fagundes, confirmou que o comunicado foi endereçado via e-mail Expresso a todos os delegados e manifestou preocupação: “é inadmissível que o abastecimento das viaturas possa ser descontinuado, pois se trata de instrumento de trabalho imprescindível para a adequada prestação do serviço público afeto à Polícia Civil”, afirmou.

A empresa Maxifrota foi a vencedora da licitação em outubro de 2019, ficando encarregada, por 12 meses, de gerenciar o abastecimento de combustíveis para os veículos e equipamentos da frota pública da administração direta, indireta e autárquica dos Poderes do Estado, por meio da implantação e operação de sistema informatizado e integrado com a utilização de pagamento via cartões magnéticos ou com chip em postos credenciados no Paraná e em Brasília.

 

Fonte: Tudo Politica . Ass. Com.

 


Mais Imagens:
 

 Não há Comentários para esta notícia

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Portal Tudo Política não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário