Clínica de Psicanálise
Policia prende no Paraná falsa enfermeira com vacinas contra covid 19 roubadas.
17-05-2021 09:48:50
O Juízo da Comarca expediu mandado de busca e apreensão na residência de uma falsa enfermeira admitida para trabalhar como voluntária do processo de vacinação contra a Covid-19 no Município.



Atendendo pedido do Ministério Público do Paraná, por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Apucarana, no Norte-Central do estado, o Juízo da Comarca expediu mandado de busca e apreensão na residência de uma falsa enfermeira admitida para trabalhar como voluntária do processo de vacinação contra a Covid-19 no Município. A medida judicial foi cumprida neste sábado, 15 de maio, pela Polícia Civil, que localizou doses de vacina em poder da mulher.

O MPPR requereu ao Juízo a expedição do mandado após denúncia de que a falsa enfermeira teria oferecido doses de vacina a pessoas não contempladas nos grupos prioritários, por meio do aplicativo WhatsApp. Durante o cumprimento da determinação judicial, as doses de vacina foram apreendidas (Um frasco da Astrazeneca, com cinco doses; um de CoronaVac com um número ainda não determinado de doses e um vazio) e a falsa enfermeira foi presa em flagrante pelo crime de peculato, podendo responder também pelos crimes de falsidade ideológica e infração de medida sanitária.

O MPPR dará continuidade às investigações com intuito de esclarecer, entre outras coisas,  o possível envolvimento de servidores públicos na subtração das doses. Será apurada também  a eventual responsabilização de pessoas que possam ter sido beneficiadas com a aplicação da vacina.

 

Fonte: Tudo Politica . Ass. Com. MPPR

 

 

 3 Comentários para esta notícia

  1. author

    Ótimo trabalho. A população auxiliando na fiscalização e os órgãos atuando. Vamos sair desta juntos.

  2. author

    Karaka. Justamente na terra do secretário estadual de saúde. Não da para saber se é uma enfermeira fake desafiadora, ou é burrice mesmo. O mais importante disso tudo para completar a matéria, seria divulgar o nome da ""infermeira".

  3. author

    O trabalho do MPPR tem sido exemplar. Temos a expectativa de que todas as ações sejam correspondidas . A policia tem que investigar. A "pilantra" exercia trabalho voluntário? Eu vejo uma deficiência no critério de seleção para trabalho voluntário na área da saúde. Isso ta virando festa. Todo mundo quer fazer uma self trabalhando com a vacina.


 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Portal Tudo Política não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário